Vida vegetariana

Por um mundo melhor

Quanto vale um bife?

leave a comment »

11/02/2009

Quanto vale um bife?

Não sou vegetariana, – e nem pretendo ser, já que adoro carne e acredito que algumas proteínas da carne são importante – mas alguns dados me assustam e já me fazem tentar diminuir a quantidade de carne que consumo no dia-a-dia.

Além do fator colesterol e de diversas pesquisas que mostram o quanto a carne bovina pode reduzir nosso tempo de vida, criar esses animais é uma das atividades mais degradantes para a natureza.

Olha só quantos argumentos para você diminuir a quantidade também:

Gases. Sim, a história que você ouviu sobre a influência do “pum” do gado bovino no aquecimento global é verdade. Os puns e arrotos de boizinhos e vaquinhas têm um imensa quantidade de gás metano, um dos responsáveis pelo efeito estufa.

Desmatamento. Não bastasse os gases jogados na atmosfera, a pecuária ainda é responsável por grande parte do desmatamento de áreas como a Amazônia. Menos árvores, igual a mais gás carbônico e metano na atmosfera, aquecendo ainda mais nosso planeta.

Água. Agora olhe bem para o quadro ao lado: isso mesmo, a agricultura é responsável por 69% de toda a água que a gente gasta (o crédito é do Planeta Sustentável). E aquela suculenta picanha é a maior vilã da história. Na próxima vez que for a uma churrascaria, lembre-se: você estará consumindo 15 mil litros (!) de água por cada quilo de carne.
Só para você fazer uma comparação, num banho de 10 minutos a gente gasta, em média, 100 litros de água. São 150 banhos refrescantes por dia em troca de um mísero pedaço de bife!
E esse número não é chute. É o que em ciência, chama-se de ?água virtual?. Esse termo diz o quanto é gasto de água em toda a cadeia produtiva de cada produto, do início de sua produção até o consumo. Foi cunhado em 1993, pelo professor John Anthony Allan, do King’s College London – que por isso aliás, ganhou o Stockholm Water Prize, em 2008.
E tem mais: O desmatamento que eu falei lá atrás também afeta a qualidade e a quantidade de água em rios e nascentes.

Será que seu bifinho vale tudo isso?

Fonte: http://gazetaonline.globo.com/index.php?id=/blogs/blog.php&cd_matia=56790

Outras leituras a respeito:

http://noticias.uol.com.br/ultnot/cienciaesaude/ultnot/2009/01/07/ult4477u1228.jhtm

http://www.dw-world.de/dw/article/0,,4539260,00.html

Anúncios

Written by candeeiroverde

14 de março de 2010 às 1:24 pm

Publicado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: